3

Como otimizar o uso de #Hashtags na sua estratégia de Community Manager

1920Pontos

hace 2 años

Curso de Community Manager
Curso de Community Manager

Curso de Community Manager

Crie conteúdo engajador para redes sociais. Monitore mídias sociais, agende publicações, interprete métricas e faça relatórios para os clientes. Gerencie redes sociais de forma profissional e torne-se um community manager incrível com o Curso de Community Manager da Platzi.

As Hashtags são ferramentas que otimizam a distribuição de conteúdo, principalmente no Instagram e no Twitter.

O símbolo #, chamado de cerquilha e popularmente conhecido como “jogo da velha” no Brasil, hoje é mundialmente conhecido como “Hashtag” e serve para agrupar conteúdo relacionado em torno de uma única categoria.

Antes do ano 2007, o símbolo era uma ferramenta útil conhecida na cultura da programação como operador de divisão. Porém, naquele ano adquiriu um novo uso diante da necessidade de organizar e agrupar conteúdo online compartilhado no Twitter. Dito de outra forma, as Hashtags resolveram o problema de como fazer sentido de todo o conteúdo bagunçado que aparecia e crescia nesse canal social.

Desde a introdução das hashtags no mundo mainstream das redes sociais, estas se converteram numa ferramenta indispensável para determinar a entrega de conteúdo por assunto. Se você é Community Manager, deve saber que as hashtags permitem que o seu conteúdo seja mais visto, de forma orgânica, valendo-se dos followers de determinados temas nas redes. O desafio é que o seu conteúdo apareça nas buscas de pessoas que seguem hashtags populares.

Para que a sua marca tenha maior alcance, deverá aparecer relacionada aos temas que as pessoas seguem e procuram nas redes, mesmo se não estão diretamente relacionados ao nome do seu produto. Lembre-se que as # determinam a entrega de conteúdo por assunto.

É importante aumentar as chances de que a sua marca apareça relacionada às hashtags mais movimentadas nos canais sociais. Para isso, você pode desenvolver a seguinte estratégia para garantir mais visualizações do seu conteúdo relacionado às hashtags que as pessoas já seguem.

Estratégia das 5 categorias

É muito simples! Consiste em criar pelo menos duas hashtags para cada uma das seguintes categorias, pensando em que é mais efetivo usar hashtags que já são populares do que criar hashtags próprias.

PRODUTO: hashtags que tem relação com o produto ou serviço que você vende. Por exemplo, se a sua empresa é de propaganda e gerenciamento de redes sociais, crie hashtags referentes aos produtos como #ads.

MOMENTO: pense qual momento aquele conteúdo representa. Por exemplo, eventos relacionados à sua marca. Assim, quando uma pessoa for procurar o evento, vai encontrar o seu conteúdo relacionado a ele.

CONTEXTO: use hashtags populares que definem o contexto do seu conteúdo e oferecem mais informação sobre aquilo que representa o conteúdo. Por exemplo, você está falando de um curso, de um workshop, de um webinar, de um lançamento…

AÇÃO: como o nome indica, você vai usar hashtags que indiquem uma ação, alguma novidade sobre o que aquele conteúdo está promovendo. Por exemplo: #marketingtips

POSICIONAMENTO: por último você vai indicar as hashtags proprietárias, usadas para definir o posicionamento de marca. Por exemplo, #Onomedasuaempresa #Nomedoproduto

Essa estratégia é muito efetiva para conseguir que o seu conteúdo trafegue mais organicamente nas buscas e na navegação dos usuários das redes sociais, principalmente Twitter e Instagram.

Não obstante, existe uma diferença entre esses dois canais sociais. Como sabemos, por causa da limitação do número de caracteres no Twitter, é impossível colocar muitas hashtags. Você deverá selecionar as mais relevantes. Neste caso, é melhor privilegiar as # de contexto e de ação. Já no Instagram é diferente, você pode indicar um número ilimitado de tags, porém não é recomendável se exceder de dez por publicação.

Otimizar o uso das suas hashtags

Você pode pôr em prática as seguintes recomendações para otimizar ainda mais as suas hashtags criadas seguindo os critérios da estratégia acima:

  • Use pelo menos uma por cada categoria: produto, momento, contexto, ação, posicionamento.

  • Use ferramentas, tipo apps de estatísticas, para determinar hashtags por categorias e identificar as hashtags mais populares. Recomendamos usar leetags, tagsforlikes e top-hashtags.

  • Tome cuidado com as hashtags muito genéricas para não atrair pessoas desqualificadas.

  • As hashtags na legenda são mais eficientes do que as feitas nos comentários.

  • Use hashtags na Bio do Instagram e no Instagram Stories.

  • Siga hashtags do seu mercado no Buscador do Instagram.

  • Não use as mesmas hashtags em todas as fotos.

  • Utilize as hashtags que as pessoas mais influentes do seu ramo usam.

Com certeza que, seguindo essas dicas, você conseguirá engajar mais usuários e fazer crescer sua legião de fãs, ao tempo que aumenta as suas vendas. No Curso de Community Manager você aprenderá muitas outras ferramentas, estratégias e técnicas para a gestão da comunidade online em torno a sua marca.

Então vai! Experimente logo com as hashtags mais populares e #NuncaPareDeAprender!

Curso de Community Manager
Curso de Community Manager

Curso de Community Manager

Crie conteúdo engajador para redes sociais. Monitore mídias sociais, agende publicações, interprete métricas e faça relatórios para os clientes. Gerencie redes sociais de forma profissional e torne-se um community manager incrível com o Curso de Community Manager da Platzi.
Laura Sofia
Laura Sofia
Escreva o seu comentário
+ 2