Definindo Metas

4/10

Leitura

Em todas as etapas, por√©m, voc√™ precisa encontrar um equil√≠brio entre essa quest√Ķes de longo prazo (‚ÄúPor que existimos?‚ÄĚ) e a plano de curto prazo (‚ÄúO que vamos fazer?‚ÄĚ)
Claire Hughes Johnson

As aulas 4, 5 e 6 s√£o sobre algumas t√°ticas que muitas vezes provaram ser eficazes nas startups. Queremos evitar que voc√™ os veja como uma metodologia ou framework. Leia-os como inspira√ß√£o para adapt√°-los √† sua realidade de maneira n√£o padronizada. O ‚Äúmindset hacker‚ÄĚ deve prevalecer em rela√ß√£o ao ‚Äúframework mindset‚ÄĚ.

Uma das primeiras coisas a fazer para garantir um foco sustentável a longo prazo sobre o que importa e realização a curto prazo é definir os objetivos. Eles além de oferecer essa visão de longo e curto prazo, também ajudam a definir expectativas.

Objetivos s√£o bons para ajudar:

  • A ter a equipe remando na mesma dire√ß√£o para um objetivo comum (a vis√£o)
  • Definir qual ser√° sua prioridade, considerando as metas que voc√™ precisa alcan√ßar
  • Estimule a motiva√ß√£o em n√≠vel de equipe, mas tamb√©m em n√≠vel individual

##OBJETIVOS INTELIGENTES:

Como um conceito bem conhecido nos negócios, significa que seus objetivos devem ser:

  • Espec√≠fico
  • Mensur√°vel
  • Ating√≠vel
  • Realistico
  • Ter um tempo delimitado

De volta ao mundo das startups - concentre-se em ‚ÄúKISKIL‚ÄĚ para o seu objetivo ser:
Mensur√°vel e ter um tempo delimitado

Além disso, seus objetivos também devem inspirá-lo. Eles devem ajudá-lo a progredir no destino que você deseja ir. Nem todo mundo tem seu destino claro. Em uma startup, tendemos a ver, esperançosamente, um dos co-fundadores com uma visão clara e um destino em mente.
Exemplos de objetivos bem versus mal formulados:


Obs: se voc√™ n√£o tiver certeza sobre seus objetivos, compartilhe-os conosco no bate-papo ao lado da janela do curso e n√≥s retornaremos o mais rapidamente poss√≠vel. (se voc√™ √© t√≠mido, tamb√©m pode escrever para [email protected] ūüėČ mas tente ajudar toda a comunidade de alunos usando o mural de perguntas)

Os diferentes níveis de objetivos:

Existem v√°rios n√≠veis de objetivos e voc√™ encontrar√° diferentes denomina√ß√Ķes e maneiras de categorizar os objetivos na literatura e online. Neste curso, propomos a seguinte categoriza√ß√£o:

O objetivo final ou A vis√£o

O objetivo final ou A visão é um objetivo de longo prazo. Ter uma visão clara e conhecida por todos ajudará a ter um senso de propósito. Os propósitos são o combustível para a intensidade e a energia que você precisa para focar. Isso é importante!

A vis√£o √© o √ļnico objetivo de longo prazo que voc√™ deve ter em uma startup. Considerando que seu tempo e risco de morte s√£o altos, no m√©dio prazo, digamos que as metas anuais n√£o sejam realmente relevantes para uma startup. Recomendamos trabalhar com metas trimestrais / mensais.

‚ÄúThe Northern Goal(s)‚ÄĚ

The Northern Goal √© um objetivo que traz intensidade ao que mais importa para a empresa crescer. √Č a meta que define a prioridade da empresa em um determinado per√≠odo. Ele est√° vinculado √†s suas ‚ÄúNorthern Metrics‚ÄĚ e compartilhado com o restante da empresa. Essa meta deve ser definida semanalmente, mensalmente ou trimestralmente, dependendo do est√°gio da sua startup. Quanto mais jovem, menor o prazo em que voc√™ ajusta a meta.

  • Objetivos do time:
    Os objetivos do time s√£o objetivos comuns que uma equipe precisa atingir em um determinado per√≠odo de tempo. Eles tamb√©m s√£o orientados a curto prazo (semanal, mensal ou trimestral) e vinculados √† ‚ÄúNorthern Goal‚ÄĚ . Em outras palavras, todas as equipes devem trabalhar em metas que lhes permitam alcan√ßar as ‚ÄúThe Northern Goal(s)‚ÄĚ.
  • Objetivos individuais:
    Pessoas têm seus objetivos individuais, eles devem estar vinculados aos objetivos do time. Eles devem prosperar você! Esses são os objetivos em que você se concentrará, priorizará e terá que realizar. Esses objetivos são de sua responsabilidade, #semdesculpas. Portanto, é melhor ser apaixonado e inspirado por eles.

Uma ótima metodologia para definir objetivos é a metodologia OKR (próximo curso na Platzi), mas, por enquanto, você pode ter um vislumbre dele em nossa aula- Definindo os OKRs - ministrado pelo Francisco de Mello no nosso curso gratuito Startup Academy.

Sobre processos

Eu s√≥ quero fazer um par√™ntese nesta aula para discutir a quest√£o de Processos. Os processos s√£o geralmente elogiados pelos executivos das empresas como um sinal de seriedade e prontid√£o da empresa para enfrentar problemas. Eles d√£o orienta√ß√£o sobre quem est√° tomando decis√Ķes e como elas s√£o tomadas. Eles aplicam a documenta√ß√£o dos relat√≥rios e, portanto, permitem acompanhar o que aconteceu. Os processos de alguma forma trazem ordem √† empresa. Organiza a maneira como as coisas s√£o feitas. Os processos tamb√©m trazem mais transpar√™ncia e ajudam a definir expectativas. Mas os processos realmente ajudam a fazer as coisas certas?

A desvantagem dos processos é que eles também geralmente demandam mais burocracia. E a burocracia mata a criatividade. Mas o mais importante é que a burocracia leva tempo e, como vimos, tempo é o recurso mais importante nas startups.

O segundo problema é que geralmente as startups são feitas por pessoas talentosas e criativas que gostam de usar seus conhecimentos e experiência durante o tempo de trabalho. Idealmente, eles também gostam de aprender exponencialmente (testando coisas novas, tendo novos projetos etc.). Portanto, eles odeiam processos. Eles precisam de alguns limites estruturais, mas você não pode restringi-los em excesso. E muitos processos podem levá-los a abandonar suas startups. Isso é algo que vemos em muitas startups à medida que crescem e acabam sentindo falta de manter seu caminho rápido e fazer as coisas acontecerem nos primeiros dias.Os primeiros funcionários ficam frustrados ao ver a empresa desacelerando, para perder tempo relatando e garantindo que os processos sejam executados corretamente e, por padrão, para aprender menos. O mais talentoso vai embora. E você quer mantê-los.

Então, qual é o equilíbrio certo entre manter a velocidade, uma equipe motivada e evitar ficar preso em uma organização de garagem caótica e não transparente?

Infelizmente, acho que n√£o h√° uma resposta universal. Provavelmente depender√° de diferentes vari√°veis, como a ind√ļstria em que voc√™ est√°, a cultura que voc√™ construiu e seus objetivos.

O certo √© que voc√™ precisa de processos (e quanto mais r√°pido voc√™ os apresentar, mais f√°cil ser√° escal√°-los). MAS voc√™ precisa do m√≠nimo de processos poss√≠vel. √Č assim que voc√™ pode manter a velocidade e a motiva√ß√£o da equipe, garantindo que o jogo siga algumas regras importantes (processos e valores).

De acordo com a maneira que voc√™ deve organizar sua equipe, a tend√™ncia √© dizer que a hierarquia n√£o funciona mais em empresas iniciantes ou altamente criativas. Nos √ļltimos anos, vimos cada vez mais startups introduzindo uma organiza√ß√£o em squads(o Spotify trouxe isso inicialmente), que √© de alguma forma a ideia de ter um lote de pequenas entidades independentes e aut√īnomas trabalhando juntas e interdependentemente para alcan√ßar os objetivos do empreendimento. As squads devem:

  • Ser composta por um n√ļmero limitado de pessoas (geralmente 4-11) com diferentes tipos de habilidades. Como se fossem uma pequena startup.
  • Ter recursos limitados que os for√ßam a tomar decis√Ķes com rapidez e itera√ß√£o.
  • Se concentrar nas metas estabelecidas e devem saber em que N√ÉO devem trabalhar.
  • Ser respons√°vel. Elas t√™m propriedade e independ√™ncia na busca de seus objetivos. Portanto, elas s√£o o mestre de seu pr√≥prio destino.

As squads são complementados pelas Guildas, que reagrupam regularmente pessoas com a mesma experiência (por exemplo, todos os engenheiros, todos os vendedores, etc.). As guildas devem apoiar a estrutura profissional dos diferentes conhecimentos da empresa. Eles garantem a transferência de conhecimento, a contratação e as oportunidades de aprendizado.

H√° muito a dizer e ainda muito a aprender sobre a metodologia em squads, mas deixaremos isso para outro curso.

Em uma entrevista para Elad Gil, Claire Hughes Johnson, O COO da Stripe enfatizou a necessidade de implementar novas abordagens de comunicação ao estabelecer processos.
Ela recomenda se perguntar:

  • O que todo mundo tem que ler? Onde est√° toda essa documenta√ß√£o?
  • Onde est√° a fonte da verdade?
  • Como voc√™ usa suas reuni√Ķes all-hands?
  • Como voc√™ usa os e-mails da equipe de lideran√ßa?
  • Quais s√£o as informa√ß√Ķes que precisam ser relatadas, anotadas e onde?

Para encerrar esse par√™ntese, lembre-se de que processos s√£o necess√°rios, mas devem ser implementados com motivos claros, como maior efici√™ncia ou conformidade com requisitos legais, por exemplo. Recomendamos pequenos processos, mas com muita disciplina para segui-los. Sendo cada startup diferente, n√£o h√° regras de ouro sobre quais processos implementar. Normalmente, os processos s√£o necess√°rios para o esquema de remunera√ß√£o, integra√ß√£o e sa√≠da de talentos, tratamento de dados de clientes, trabalho financeiro e relat√≥rios. Por fim, n√£o se sinta muito √† vontade com seus processos atuais, considerando que, √† medida que se arrisca a crescer, sua equipe cresce e os mercados s√£o din√Ęmicos, voc√™ provavelmente precisar√° atualiz√°-los a cada 6-12 meses.

Resumo

Nesta aula, vimos que as metas são importantes para definir onde você deve se concentrar. Em uma startup, defina seus objetivos para que sejam mensuráveis e com prazo determinado.

Existem diferentes maneiras de categorizar objetivos, sugerimos um e você encontra abaixo a nomenclatura:

  • Objetivos finais ou A vis√£o (longo prazo)
  • ‚ÄúNorthern goal(s)‚ÄĚ (m√©dio/curto prazo)
  • Objetivos do time (curto prazo)
  • Objetivos individuais (curto prazo)

Seus objetivos são geralmente orientados para o curto prazo, considerando que sua runway é geralmente bastante curta (até 4 meses), quanto mais você conseguir construir uma runway sólida, mais poderá ter algumas metas a médio prazo (o que pode ser alcançado em um trimestre em vez de um mês ou uma semana.)

Finalmente, fizemos um par√™ntese para falar sobre processos e como implementar processos √ļteis, mantendo a velocidade e a equipe trabalhando no que importa.

Na próxima aula, discutiremos como priorizar tarefas / resultados, para que você possa aumentar suas chances de atingir as metas que foram definidas.

Contribui√ß√Ķes 0

Perguntas 0

Ordenar por:

As contribui√ß√Ķes, perguntas e respostas s√£o vitais para aprender em comunidade. Registre-se ou fa√ßa login para participar .